Usamos tanta, mas tanta vez a merda da palavra ‘merda’

Quarta-feira, 11 Junho, 2003

… e nem nos damos conta do significado globalizante que a mesma tem!
Pode-se mesmo dizer que: ‘merda’ é versátil! As inúmeras aplicações do vocábulo merda… O uso do vocábulo merda é uma questão de educação. Ninguém pode negar que o utilizamos para mútiplas circunstâncias, relacionadas com muití­ssimas coisas. Por exemplo:
Orientação geográfica: – Vai à merda!
Adjectivo qualificativo: – Tu és uma merda!
Momento de cepticismo: – Não acredito nesta merda!
Desejo de vingança: – Vou fazê-lo em merda!
Acidente: – Já fizeste merda!
Efeito visual: – Não se vê merda nenhuma!
Sensação olfactiva: – Cheira a merda…
Dúvida na despedida: – Por que não vais à merda?
Especulação de conhecimento: – Que merda será isto?
Momento de surpresa: – Merda!
Atitude de ressentimento: – Não me deu nem uma merda de presente!
Sensação degustativa: – Isto sabe a merda!
Acto de impotência: – O que é que se passa com esta merda?
Desejo de Ânimo: – Rápido com essa merda!
Situação de desordem: – Isto está uma merda!
Rejeição, despeito: – O que é que esse merda pensa?
Situação alquimista: – Tudo o que ele toca, vira merda!
Para descobrir o paradeiro de qualquer coisa: – Não sei onde foi parar aquela merda…
Interjeição comum: – Que merda!
Crise das 18h00: – Vou-me embora desta merda!
E pronto, à hora habitual do nosso cafézinho pensamos em mais algumas situações.
Max

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: