Archive for Dezembro, 2004

Air Macau (Act)

Segunda-feira, 27 Dezembro, 2004

Air Macau

Notícias de Macau informam que os Penduras, comandantes da Air Macau estão todos de boa saúde. Ainda bem que o Paulo Bandeira, o António Almeida e o Cúcio tiveram um Natal calmo e em boa paz. Deixo este Post para os Penduras que nos lêem.
Dizem-me essas notícias que outro Air Macau e família, José João Ribeiro, até agora nada reportou. Será certamente uma questão de tempo. Estaremos atentos e assim que se souber de alguma coisa comunicarei.
Luís Novaes Tito

Nota 01: eMail do Paulo Bandeira de 2004.12.27:
Olá Luís,
Agradeço a tua preocupação, mas por cá, do pessoal que tu conheces, está tudo bem. Infelizmente, um colega nosso e respectiva família (mulher e dois filhos) estão dados como desaparecidos até agora. O nome dele é José João Ribeiro.
Esperemos que apareçam depressa e que estejam todos bem.
Um grande abraço,
Paulo

Nota 02: eMail do Paulo Bandeira de 2004.12.28:
Olá Luís,
As últimas informações relativamente à tragédia de há dois dias é de que a filha do nosso colega (13 anos) sobreviveu e está a salvo, o filho não estava com eles, encontrando-se na Austrália a fazer o curso de pilotagem. Quanto ao J. J. Ribeiro e mulher continuam dados como desaparecidos, correndo já a notícia que os corpos foram encontrados, mas sem confirmação. Um abraço,
Paulo

Do Arábia para o Tito

Domingo, 26 Dezembro, 2004

Um pendura como tu jamais deixaria passar a quadra em branco.
Por falar em branco, ainda tens pedalada prás passar as noites claro?
Óptimo Natal e tudo, tudo de bom para 2005.
Um abração do arábia
Carlos

Boas-festas

Domingo, 26 Dezembro, 2004

Amigos dos Penduras,
com as saudades de sempre, um enorme abraço a todos para um Natal repleto de coisas doces e um Ano Novo cheio daquelas prendas que não se embrulham nem compram.
Ao Zé Fernandes (CFMTFA) e ao Fragoso (BA6), aquele abraço particular, com a força necessária para um excelente desempenho nos vossos Comandos.
Aguarda-se o próximo convívio.
Fiquem controlados.
Abração,
Carlos Marques

Ho! Ho! Ho!

Quinta-feira, 23 Dezembro, 2004

Pai Natal

Para todos os Penduras e todos os outros amigos um grande abraço com os votos de
Feliz Natal
e
sensacional 2005.
Luís Novaes Tito

Feliz Natal

Quarta-feira, 22 Dezembro, 2004

Não seria próprio de um Pendura que se preze, esquecer os amigos e colegas nesta altura em que toda a gente anda aos beijinhos e abraços.
Espero que todos se lembrem uns dos outros e dos colegas que também já não estão na nossa presença.
Não quero dar muita seca mas vou aproveitar esta oportunidade para em vez de gastar SMS vos mandar daqui as minhas mensagens.
Desejo a todos os Penduras e respectivos familiares e amigos, votos de uma época Natalícia cheia de Paz e Amor.
Por falar em amor, relembro os mais ousados que já não têm 20 anos e que os esforços em demasia são perigosos.
Para os nossos Políticos não desejo mesmo nada porque nos têm feito a vida negra. Só é pena não poderem ir para o desemprego.
Para os ainda pilotos, boas aterragens.
FELIZ NATAL
Cubilhas

Old Falcons Never Die…

Segunda-feira, 13 Dezembro, 2004

Old Falcons Never Die…

E porque o assunto diz respeito ao Comando da BA1, que proporcionou o nosso almoço dos 30 anos, aqui vai uma repetição do artigo publicado no kritycus.
“Foi com alguma amargura que vi partir mais um Falcão. Durante todos estes anos de vida profissional, tenho assistido a vários momentos destes. Por vezes, e devido às circunstâncias, entendi essas partidas de Falcões com mais facilidade do que agora, após todos estes anos de profissão.
Refiro-me ao falecimento de um piloto, de quem era amigo, o Coronel Piloto Aviador Ramiro, Comandante da BA1. Terminou os seus dias a voar.
Não é presumivelmente o momento para discutir o motivo pelo qual o acidente ocorreu. Os acidentes acontecem e as causas serão analisadas por quem de direito. Deixemos isso para as autoridades competentes. Agora, vai sendo tempo de alguém perguntar pela responsabilidade deste tipo de acidentes. Ao longo dos anos, têm vindo a ocorrer fatalidades deste género e para mim só existe um responsável por estes acidentes – O Sr. Ministro da Defesa em vigor à altura dos respectivos acidentes.
Todos sabemos a dificuldade de Orçamentos com que vivem as Forças Armadas. Certamente que a FAP também terá as suas dificuldades e provavelmente os seus pilotos não voarão assim tanto como seria desejável de forma a terem proficiência nos meios que operam. Não pretendo atribuir algum tipo de culpa a ninguém mas sim responsabilidade e essa cai sobre a primeira e última entidade: Ministro da Defesa.
Alguém faz algum tipo de inquérito responsável sobre este tipo de acidentes? Alguém tem a coragem de parar esta matança injustificada? Alguém se preocupa com a vida humana que opera meios cujo treino é inexistente? Não seria tempo de regulamentar estes voos que são feitos por pilotos cuja proficiência não é a necessária? Será que toda a gente se esqueceu daquilo que aprendeu quando iniciou a profissão? Terão os pilotos de continuar a voar para passarem no dia dos festivais, numa determinada hora e num determinado sítio, onde existe um palco recheado de políticos sentados, a olharem para o céu, de boca aberta a verem passar os seus aviões? Querem entretém, regulamentem esse tipo de entretém, mas tenham a consciência que, quem vai dentro dos aviões, merece respeito pela actividade e merece que lhe proporcionem o treino devido. Não vamos entrar muito mais por diante neste tipo de assuntos por nunca mais terminaria este tipo de queixas. Na despedida final, reencontrei vários companheiros que não via há muito tempo e que continuam quase na mesma mas com muitos mais galões e estrelas. Um deles, o Chefe, continua exactamente na mesma, com toda a sua dignidade e respeito pelo próximo e com todo o carisma de líder. Bem-haja um profissional desta estirpe.

… Just Fade Away.

Carlos Soares