António Marques

Domingo, 30 Outubro, 2005

O Viseu

De repente, sem mais, desabam 31 anos de memórias

Há 31 anos a nota começava assim:

Viseu, 4 – Cerca das 17 horas de hoje, surgiu nos ares, vindo dos lados de Aveiro, onde tinha a sua base, um avião Harvard tripulado pelo aluno piloto António Carlos Moreira Marques, de 20 anos, solteiro, natural do lugar de Barbeita, Rio da Lomba. (…)

Fez no dia 4 deste mês, meu querido Viseu, trinta e um anos que, 45 minutos depois, aterrei na Base Aérea nº 7, sem o meu asa ilegal.
Quantos mais trinta e um terão de passar para esquecer a coluna de fumo?
Luís Novaes Tito
Nota: Também publicado no Tugir em português

Anúncios

Uma resposta to “António Marques”

  1. Carlos Marques Says:

    Tito,
    um ENORME ABRAÇO.
    Sou capaz de compreender muito bem o que sentes:
    1-Imagina o que é ler a notícia, esta mesma, num comboio da linha de Sintra, num jornal esquecido em cima de um banco, pelas 2330.
    2-O Viseu foi a primeira pessoa que eu vi quando cheguei à Martens Ferrão para iniciar as inspecções… Os dois Marques dos Penduras, um faleceu, o outro chumbou no Curso e foi para controlador… É raro o dia em que não vejo a imagem dessa notícia. Enfim, a vida continua para muitos, se calhar com a companhia permanente daqueles Penduras que foram voar para outros lados.
    Um ABRAÇO, já agora, Santas Festas e um Ano Novo Pleno de Altos e SEGUROS voos, para ti, para a tua família, para os Penduras, famílias e todas as que nos sejam queridas.
    Carlos Marques


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: